1.9.06

A Amizade

Sebastião Salgado

A Amizade não se pedincha: acontece ou não!
Dói constatar que amizades que julgávamos firmes, se diluiram mesmo no tempo.
Custa sentir que desejámos dois dedos de conversa, um telefonema, mail, chá, jantar e ... nada aconteceu.
Magoa a falta! Deixou há muito de surgir a pergunta "como estás?", mas mais que isso desapareceu a possibilidade de responder com o coração, entre Amigos.
Acompanharmo-nos, partilharmos, cuidarmos! Rirmos ou chorarmos juntos, quem sabe?
Mas o que custa mais é ficar triste e não poder fazer nada, porque a AMIZADE é assim: não se pedincha!

3 comentários:

m-jay disse...

Da tua autoria?

Muito nice... é exactamente assim que me sinto em relação a uma amizade que julagava de pedra e cal. Uns vão outros vêm. Tudo tem um prazo. Será?

Chuva disse...

Não sei a quem respondo, mas sei que com tudo se pode e deve aprender.
Penso que nada acontece por acaso e há sempre um lado positivo, mesmo que não se veja logo.
E faço questão de, quando publico algo que não é da minha autoria, o mencionar.

Chuva disse...

m-jay, afinal eras tu!
Obrigada pelo elogio e pela partilha.
Beijo enorme!