29.11.06

AMIGO!

Amigo! Não quero que sofras!
Quando tiveres o teu bilhete comprado, não te percas no horário ou estação.
Quando tiveres que seguir caminho, vai.
Não hesites ou te atrases pela saudade que deixas
E, com serenidade, olha em frente e caminha.
Nós ainda ficamos mais um pouco, mas seguir-te-emos um dia.
E, Amigo!, se sempre fores antes
Alumia, um dia, o nosso caminho!
Ficaremos impregnados de ti, como tu de nós.
E o Amor, o Carinho, esses nunca nada ou alguém poderão sufocar.
Ao contrário dos sentimentos, tudo o que é físico morre um dia
Mas, Amigo, lembra-te que nada se perde, tudo se transforma
E tu só te poderás transformar numa estrela
Mais brilhante e mais alta do que a que conhecemos em ti.
Não tenhas medo!
Os que amas sofrem, mas continuarão a ser cuidados
Tal como a ti amam, cuidam e sofres.
Um dia, juntos dançaremos todos,
Com Luz branca à nossa volta e um sorriso nos lábios.
Amigo! Estaremos sempre juntos. Sempre!
Com este nome, esta pele e este cheiro,
Mas de todas as outras formas também.
Quando chegar o barco, se ele te levar para onde não há sofrimento,
Entra nele e faz uma travessia serena.
29.11.2006
21:40

3 comentários:

disse...

chora sou eu....

Bessos amiga e coragem:)

Anónimo disse...

Um beijo muito grande para ti amiga :)

Anónimo disse...

Escreves lindamente, que bom que finalmente decidiste partilhar connosco esses teus momentos...
Cris