15.1.07

Abobrar pensando

Voltou a estar frio.
Enrosco-me no edredon envolto nos lençóis de flanela, olho o dia cinzento lá fora, faço um quase-inconsciente flash back das minhas últimas 24h e decido aproveitar as duas horas que tenho pela frente, para mim, com um bom livro.
Identifico-me com o que leio, percorro locais onde nunca estive, sinto os seus cheiros, oiço o borburinho ou o silêncio do mar, sorvo o verde e mergulho no azul. Sorrio!
As tão desejadas férias "para longe" aproximam-se, apesar de o destino não estar escolhido. Mexico? Pantanal? Apetece-me, mas o meu interior grita-me "Africa! Africa!".
Seja qual for o país, preciso desse canto, dessa fuga porque encontro, de sentir a pele suada e o corpo num pulular descontraído.
Preciso de aproveitar esse tempo, como a todos os dias, preciso de me encher de vida!
Busco ideias, sugestões, valores e datas.
Busco o poisar as armas que vão começando a ficar pesadas.
Depois? Depois se verá, não quero pensar no "depois"! Por vezes é difícil, mas não quero e faço de tudo para esquecer esse possível "depois" que insiste em martelar-me.
Quero pensar em e deliciar-me com este preparar de viagem, de mente e de corpo. Deliciar-me com paisagens, mar e civilizações para mim desconhecidas. Fundir-me com outras gentes, cruzar as nossas vidas e regressar mais completa.
Tirar este peso dos ombros, por dez ou quinze dias.
Vai saber bem!

6 comentários:

disse...

Podes ir para Africa ou para o Mexico, de qualquer um estas encarregada de me trazer um porta bebes tradicional!
Tenho dito!
Tenho pena de não ir contigo!

bjs

disse...

E postais, nada?

disse...

E postais, nada?

Chuva disse...

Combinado! Trarei e antes peço-te indicações.
E a minha futura "comadre", já te contactou?
Mais: postal sim e toda orgulhosa de ti fiquei. Daí também a vénia que te fiz na resposta que dei no nosso cantinho. Recebeste?

Luísa disse...

É o Equador que estás a ler, não é?Amiga eu fui a São Tomé e adorei.
Adorei tanto, que tive malária e isso não me fez desistir de quere voltar.
Vou voltar um dia.
Pela primeira vez não quis partir de um lugar, apeteceu-me ficar por lá eternamente. É lindo!!!
É levar a vida "leve,leve"!!!
beijo grande e saudoso

Chuva disse...

O "Equador" já foi literalmente devorado, absorvido e saboreado há algum tempo. Do melhor que li e a vontede de ir a S. Tomé triplicou :o)
Desta vez leio o "Sul", do mesmo menino. Muito diferente, mas com pontos em comum e... começa por S. Tomé!
Beijo enorme ao trio de Doulas de quem tenho muiitas saudades!