29.12.08

Há dias recebi um saco...

..., mas não era um saco qualquer: era O saco!
Podemos chamar-lhe "o saco vai-e-vem", podemos chamar-lhe "o saco da Capuchinha Vermelha" (que devia ser laranja, note-se!), podemos chamar-lhe "o saco giraço de alguém muito querido" e muitas, muitas outras formas deliciosas de o chamar.
Lá dentro?
Um segredo bem guardado, partilhado entre duas pessoas, a ser construído a quatro mãos.
Cá fora?
Um bilhete, escrito dos dois lados, que encaminha para algo encantador e único, que guardo (como uma relíquia que é) e consulto, volta meia volta.
Obrigada, minha querida!


2 comentários:

disse...

ora ora....

assim fico com bergonha!

Chuva disse...

Sim, sim...